As práticas que 2020 testou e aprimorou, uma dela pelo menos, é estabelecer relações humanas não presenciais de qualidade, justamente porque finalmente entendemos que não conseguimos estar em todos os lugares ao mesmo tempo, principalmente quando fechados em casa.

Com a tecnologia podemos estabelecer novos negócios à distância, inclusive em outros países, e contar com parceiros que nos dão suporte, in loco, nos beneficiando de suas habilidades especializadas, com valores e diretrizes que estejam bem afinados com os da empresa, permitindo um bom relacionamento e com resultados promissores.

Por exemplo, umas das possibilidades de parcerias é colaboração para desenvolvimento de projetos, isto permite que certas habilidades sejam acionadas conforme a necessidade da estratégia, o que torna a execução dos projetos ainda mais eficiente ao unir diferentes competências e especialidades.

Parcerias que agregam.

Entre outros aspectos que as parcerias agregam, temos as demais seguintes vantagens:

  • Expansão do alcance geográfico – Acesso a mercados que estão fora da área de abrangência do empreendimento sem a necessidade de montar uma infraestrutura, além de capital para prospectar e enfrentar novos concorrentes. A empresa parceira já fez isso por você;
  • Potencialização de novos clientes – Seja por acesso a carteira de clientes existente em cada empresa ou por meio de prospecção, adicionando o mercado do parceiro à participação e acesso;
  • Incremento de receita – Quando os objetivos estratégicos se alinham e os recursos se complementam, o que, por sua vez, podem render novos fluxos de receita que não existiriam sem investimento;
  • Ampliar a oferta de serviços – Habilidades completares podem ser exploradas por ambos os parceiros sem a necessidade e custo de desenvolver conhecimento ou contratar novos quadros;
  • Dar acesso a novas tecnologias e conhecimento – Pelo lado da inovação, temos o acesso e repasse de conhecimento ou tecnologia para o desenvolvimento da atividade complementar, oferecida pelo parceiro. Ou até, como instrumento de prospecção de novos clientes para o mesmo; e
  • Otimiza os processos internos – como compartilhamento de informações, cria estratégias que otimizam processos e a produtividade. E desta forma aumentando a competitividade.

Uma boa parceria.

Por isso, com uma presença em um maior espaço geográfico e alcance, se dá uma aquisição mais elevada de novos clientes, possibilitando um aumento de receita, com acesso a novas tecnologias estratégicas e otimização de recursos, o resultado é maior competitividade e, por consequência, mais elevado o faturamento.

Sem falar que uma boa parceria comercial garante maior exposição da marca, trazendo mais visibilidade no mercado. Ambos os parceiros, conseguem obter diferenciação das respectivas concorrências proporcionando a soma de qualidades de cada uma das empresas aos clientes comuns, tornando as empresas envolvidas, empreendimentos mais completos, eficiente e eficazes.

Temos o nosso Programa Parceiro OSA e estamos sempre abertos a dialogar sobre as possibilidades que geram ganhos para ambas as partes. Vamos conversar?