Análise ou Estudo de Viabilidade deveria ser uma etapa anterior a qualquer projeto, seja para implantação, expansão, criação, desenvolvimento, de um produto, serviço ou empreendimento. Com a finalidade de aferir e/ou validar a relevância e viabilidade de uma ideia, desta forma, saber se o investimento de tempo e capital valerá a pena ou não.

Quando vemos a realidade, poucos são os que preparam para realizar um Estudo de Viabilidade, seguem o feeling pois “será impossível não dar certo” e, as vezes esse sentimento se torna frustação e perda de recursos, quando não, dívidas e obrigações, ou pior, problemas financeiros duradouros.

Geralmente o sentimento de quem “fracassa” é nunca mais empreender, achar que não tem competência para tanto, embora sejam nos erros que se pavimenta a experiência para grandes resultados.

Duvidar não é a palavra para ser usada quando se cogita um Estudo de Viabilidade, mas sim, Certificar é a mais assertiva. Ou seja, atestar a viabilidade da ideia não é duvidar se a mesma será viável ou inviável, dito isso existem níveis de viabilidade que são atestados por indicadores financeiros tais com a TIR (Taxa Interna de Retorno), o VPL (Valor Presente Líquido) e tempo de retorno do capital investido (Payback).

O Estudo de Viabilidade auxilia na tomada de decisão onde, os estudos mais completos (como o realizado pela OSA Consultoria), trazem o estudo do mercado como fator diferencial para mensurar a primeira e talvez principal etapa para a viabilidade, que é a validação se existe mercado para absorver a demanda.

Deve-se lembrar que o Estudo remete a estimar ou projetar com base em dados e informações reais buscando respostas a ideias presentes no campo hipotético. Desta forma, existe margens de erro que são minimizadas quanto mais detalhada for a fonte de informação e menor a probabilidade de desvios quanto mais acurados os dados.

O EVTE e o seu efeito em cadeia.

Cientes de todos os fatos aqui descritos, vamos fazer um teste de raciocínio lógico: se todos os empreendimentos, antes de saírem da abstração, forem realizados Estudo de Viabilidade, quantos de recursos poderiam ser economizados ou retornos multiplicados? Quantas ideias adaptadas ou novas surgiriam quando a viabilidade dos antigos pensamentos se provarem não tão vantajosos? E, por consequência, quanto empregos poderiam ser gerados? Sem falar no desenvolvimento do entorno desses empreendimentos quando os projetos, apoiados em Estudos sólidos dão certo? Sem falar nas cadeias produtivas que poderiam ser criadas ou maximizadas…

Enfim, um simples Estudo de Viabilidade possibilita estimar o que ainda não aconteceu e comparar com as “n” possibilidades que podem ocorrer, desta forma, escolher o melhor caminho ou evitá-lo, se for o caso.

A One Step Ahead sabe da importância deste trabalho para a mudança positiva dos clientes e o seu efeito multiplicador no crescimento dos mesmos, da nossa sociedade, consequentemente do mundo. Na hora de tirar as ideias do papel cogite verdadeiramente em realizar um Estudo de Viabilidade Técnica e Econômica (EVTE) conosco! Somos especialistas nesse produto e acreditamos que seremos o diferencial entre um possível “fracasso” e um grande SUCESSO.